sábado, 25 de agosto de 2012

Ser Criança não significa ter Infância Coluna Questão de Opinião

Por Gi Barbosa Carvalho
O tempo passou e seria natural que evoluíssemos, como de fato aconteceu em algumas áreas.
Perguntando-me sobre o que é infância e se realmente nossas crianças desfrutam desse direito me parece que fui transportada a tempos remotos onde elas eram vistas como adultos em miniatura. Era como se criança não tivesse suas necessidades especiais, não tivesse direito a um atendimento diferenciado. Parece mesmo que criança tinha nascido para receber treinamento de como ser adulto.
Hoje, tudo mudou. Dizem. Mas mudou em que sentido?
A criança tem seus direitos, a criança tem proteção, a criança é tratada como criança.
Tenho que discordar, com imenso pesar, mas tenho que discordar.
Me parece que a criança continua reproduzindo o mundo adulto, continua sendo vista da mesma forma. A criança está recebendo um treinamento para ser adulto. O que vemos é apenas uma forma diferente de fazer isso.
A criança, aquela que deve ter seu direito à infância garantido se vê conduzida por pais, mídia, sociedade e até escola à reprodução da vida e malícia de adultos.
Recentemente em um evento escolar algumas crianças entraram vestidinhas (como crianças) e começaram uma coreografia muito linda onde se falava de amor, de valorização, de como elas e os seres humanos são especiais. O público olhou e aplaudiu como se faz quando se quer fazer um "social". Seguido desse pequeno grupo entram outras crianças com roupas de bailarinos do grupo "É O TCHAN" começam uma coreografia do grupo Psirico ( Mulher Brasileira é toda boa) e o público aplaude efusivamente. Escutam se assobios... Elas saem radiante. Sensualmente vestidas, fazendo movimentos ritmados que simulam o ato sexual e aplaudidas , incentivadas a reproduzir o padrão vigente na mídia e na sociedade brasileira.
Não sei onde estava a equipe escolar para permitir em um evento com crianças tão pequenas ( 6 a 8 anos) a reprodução do mundo adulto na sua forma mais depravada, mais maliciosa, mais tendenciosa que se pode enxergar. A tal erotização da figura da criança que devia ser combatida pela escola para que a infância fosse preservada foi deixada de lado e está sendo deixada de lado por muitas instituições e muitas famílias.
Assiti ao vídeo documentário "A Invenção da Infância" e chorei, não havia meio de não chorar
Séculos se passaram e não há respeito pelo universo infantil por parte dos adultos.
Ainda tratamos crianças como adultos em miniatura.
Lembrei-me da frase de Rousseau:
A natureza quer que as crianças sejam crianças antes de serem homens. Se queremos perturbar essa ordem, produziremos frutos precoces, sem maturidade nem sabor e que tardarão a apodrecer; teremos jovens doutores e velhas crianças. A infância tem maneiras de ver, de pensar, de sentir que lhe são próprias; nada há de mais insensato que querer substituí-las pelas nossas[...] (ROUSSEAU apud ELIAS, 2000, p. 54).
Não sei quanto a vocês, mas eu luto para que meus filhos e meus alunos sejam crianças e tenham infância. A hora de adolescer vai chegar, a hora de ser adulto vai chegar, mas por enquanto eles são apenas crianças e não vejo motivos para vestí-los como adultos, inserí-los no meio adulto, maquiá-los como adultos quando minha função enquanto mãe e professora é zelar para que tenham direito à infância.

Uma frase em especial chamou-me atenção nesse vídeo...
Ser Criança não significa ter Infância Coluna Questão de Opinião
"Ser Criança não significa ter Infância"
Fico imensamente triste ao perceber a realidade chocante que vivemos. O vídeo tem mais de uma década e é tremendamente atual.
Peço aos professores que lutem pela infância, me ajudem, ajudem a sociedade brasileira.
Vejam o vídeo... Ele fala imensamente melhor que eu.

Clique AQUI para ver o filme

5 comentários:

  1. Gi, não tem como não concordar e me emocionar com esse seu texto, tão sentido, tão verdadeiro. É exatamente isto que está acontecendo e se não refletirmos através de textos como esse, a tendência é piorar. Olhemos para a realidade e sejamos seres pensantes e críticos e não meros reprodutores passivos. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. sinceramente eu penso igual a você, fiz um trabalho sobre a infância e é bem isso que vc falou...crianças sendo tratadas como adulto em miniaturas....quase nada mudou....

    ResponderExcluir
  3. SEMPRE DIGO A MINHA MÃE QUE SE TEM CENAS QUE ME EMOCIONAM NA TV, SÃO CENAS DE CRIANÇAS DESOLADAS,SOFRIDAS E EM GERAL CRIANÇAS DE RUA.CADA VEZ MAIS ME DEDICO AO MEU TRABALHO PORQUE QUERO MUITO AJUDAR A CONSTRUIR UM MUNDO MELHOR PARA NOSSAS CRIANÇAS,VOU VER O FILME COM CERTEZA!!!!

    ResponderExcluir
  4. Não tem como não concordar e o pior é que os responsáveis por garantir a infância e evitar a precocidade, fazem o contrário. E o resultado não está sendo bom.

    ResponderExcluir
  5. para mim roubar o direito da criança de ser criança de fato, agir brincar sorrir, é um crime e deveria ser visto de maneira mais profunda e humana.

    ResponderExcluir

Complemente esta postagem com suas sugestões. É sempre muito interessante enxergar outras formas de aplicação de determinada proposta ou os muitos pontos de vista de nossas leituras e reflexões.
Esperamos ansiosos sua colaboração!

Pesquisa Ideia Criativa mais de 20.000 sugestões

Esta é a forma mais fácil de encontrar o que você procura neste site.
Basta digitar a palavra e pesquisar!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...