/* leia mais */ /* leia mais */

Pesquisa Ideia Criativa mais de 8.000 sugestões

Atividade Halloween Abóbora Divertida Gato e Rato.

Atividade Halloween Abóbora Divertida Gato e Rato.


Com essa atividade trabalharemos de forma interdisciplinar no Projeto Halloween...
- Faremos arte com papel crepom, EVA, papel rasgado, ou mesmo pintura .
- Escreveremos os nomes dos animais
- Circularemos ou pintaremos a última letra
- Contaremos o número de letras e  registraremos no triângulo trabalhando o conceito maior/menor.

A Jack-o'-lantern (do inglês Jack da Lanterna) é o apelido em língua inglesa dado a uma abóbora iluminada feita como enfeite para o Dia das Bruxas (ou Halloween, em inglês). Em Portugal, esse enfeite é chamado de coca.
As pessoas vêm fazendo as abóboras iluminadas no Halloween por séculos. A lenda do jack'o lantern surgiu a partir de um mito irlandês acerca de um homem apelidado de "Jack Miserável". Segundo a história, Jack Miserável convidou o Diabo para tomar uma bebida com ele. Fiel ao seu nome, Jack Miserável não queria pagar a sua bebida, então, convenceu o Demônio a se transformar em uma moeda que Jack usaria para pagar as bebidas. Depois que o Diabo fez isso, Jack decidiu pegar o dinheiro e colocá-lo em seu bolso ao lado de uma cruz de prata, o que impediu o Diabo de mudar de volta em sua forma original. Jack solta o Diabo, sob a condição de que ele não incomodaria Jack durante um ano e que, se Jack morresse, ele não pediria a sua alma. No ano seguinte, Jack enganou de novo fazendo o Diabo subir em uma árvore para pegar um pedaço de fruta. Enquanto ele estava em cima da árvore, Jack esculpiu um sinal da cruz na casca da árvore para que o diabo não pudesse descer, até que o Diabo prometeu Jack para não incomodá-lo por mais dez anos.

Pouco depois, Jack morreu. Como diz a lenda, Deus não permitiria que uma figura tão repugnante fosse ao céu. O Diabo, embora chateado com o truque de Jack, tinha de manter sua palavra de não reclamar a alma de Jack, assim não permitiu que este fosse para o inferno. Ele enviou Jack para a noite escura, com apenas uma queima de carvão para iluminar seu caminho. Jack colocou o carvão em um nabo esculpido e tem vagueado pela Terra desde então. Os irlandeses começaram a se referir a essa figura fantasmagórica como "Jack O' Lantern".

Na Irlanda e na Escócia, as pessoas começaram a fazer suas próprias versões de Jack O'Lantern, esculpindo rostos assustadores em nabos e batatas e colocando-os em janelas ou portas de perto para afugentar Jack Miserável e outros espíritos errantes do mal. Na Inglaterra, beterrabas grandes são usadas. Os imigrantes destes países trouxeram a tradição Jack O'Lantern com eles quando vieram para os Estados Unidos. Eles logo descobriram que as abóboras, uma fruta nativa da América, era ótima para fazer as lanternas.

Boa Aula meus queridos

Veja estas outras atividades relacionadas:

Atividade Matemática Educação Infantil Temática Halloween Chapéu da Bruxa.

Atividade Matemática Educação Infantil Temática Halloween Chapéu da Bruxa.
Acabei de montar essa atividade para que o professor possa trabalhar número de letras, numerais de 0 a 5 e figuras geométricas dentro da temática Halloween.
Espero que gostem.
Beijokas Gi Barbosa


Fazendo Arte Ideia Criativa Temática Espantalho Halloween

Fazendo Arte Ideia Criativa Temática Espantalho
Deixemos que o aluno faça arte de seu modo, apenas oferecemos diversos materiais e esperamos a imaginação correr solta.
Beijokas Gi Barbosa

Veja mais dicas e sugestões abordando o Halloween.

Fazendo Arte Ideia Criativa Temática Halloween Vampiro

Fazendo Arte Ideia Criativa Temática Halloween Vampiro
Colagem com Papel Crepom pra Halloween

Coleção de atividades sobre Halloween:

Fazendo Arte Ideia Criativa Temática- Halloween Colagem com Abobora ratinhos

Fazendo Arte Ideia Criativa Temática- Halloween Colagem com Abobora ratinhos
A pedidos hoje estarei postando algumas atividades de colagem para turmas de maternal, o que não impede que sejam utilizadas pelas demais turmas de Educação Infantil.
Beijokas Gi

Artigos relacionados:

Atividade Halloween A Múmia Egípcia

Atividade Halloween A Múmia Egípcia

Parte Integrante do Caderno 2º Semestre 2011

Uma múmia é um cadáver, cuja pele e órgãos foram preservados intencional ou acidentalmente pela exposição a produtos químicos, frio extremo (múmias de gelo), umidade muito baixa e etc. Atualmente, o mais antigo cadáver humano mumificado (naturalmente) descoberto foi uma cabeça decapitada, com de 6000 anos, encontrado em 1936. As múmias mais famosas são as egípcias, destacando-se as dos faraós, Tutancâmon, Seti I e Ramsés II, embora a primeira múmia egípcia conhecida, apelidada de "Ginger", remonta a cerca de 3300 a.C..

Múmias humanas de outros animais têm sido encontradas em todo o mundo, tanto como resultado da preservação natural através de circunstâncias incomuns, como pelo uso de artefatos culturais para preservar os mortos; por exemplo, há mais de 1.000 múmias preservadas pelo clima seco em Xinjiang na China,2 e mais de um milhão de múmias de animais foram encontrados no Egito, muitos dos quais são gatos.

Múmias naturais.
Múmia natural de Guanajuato, México.
As múmias naturais são muito raras, pois são necessárias condições específicas para a sua formação, entretanto este processo produziu as múmias mais antigas conhecidas. A múmia mais conhecida é Ötzi the Iceman, congelado em uma glaciação, nos alpes Ötztal, em torno de 3300 a.C. e foi encontrada em 1991. Uma outra múmia mais antiga, no entanto menos preservada, foi encontrada em Nevada, EUA em 1940, e foi datada com carbono-14 em torno de 7400 a.C.

Em alguns países da Europa, como Reino Unido, Alemanha, Suécia e Dinamarca possuem regiões pantanosas, chamadas de bogs. Nestes terrenos a acidez da água, as baixas temperaturas e a falta de oxigênio são combinados para curtir os tecidos moles dos corpos escondidos nas águas, normalmente sacrifícios rituais e assassinatos. Tais múmias são extremamente bem conservadas, normalmente os esqueletos se decompõe, mas em alguns casos é possível determinar última refeição do conteúdo estomacal.

Em 1972, foram descobertas oito múmias extraordinariamente bem conservadas em uma comunidade Inuit, chamada Qilakitsoq, na Groelândia. As "Múmias da Groelândia" é um grupo formado por um bebê de seis meses, um garoto de quatro anos e seis mulheres de várias idades, que morreram há aproximadamente 500 anos. Os corpos foram mumificados por causa das temperaturas abaixo de zero e os ventos secos que cercam a caverna onde foram encontrados.

"A Donzela" é uma múmia que faz parte de um achado arqueológico chamado Crianças de Llullaillaco. 
Algumas das mais bem preservadas múmias datam do período Inca no Peru, há 500 anos atrás, quando crianças sacrificadas em ritos eram colocadas nos picos das montanhas da Cordilheira dos Andes. O clima frio e seco age na preservação dos corpos.

No estado de Guanajuato, México foram descobertas múmias em um cemitério da cidade chamada Guanajuato, a nordeste da Cidade do México. Estas são múmias modernas acidentais e foram literalmente desenterradas entre os anos de 1896 e 1958, quando o governo local exigia o pagamento de uma espécie de taxa. As múmias de Guanajuato estão expostas no Museu de las momias em uma colina com vista para a cidade.

Exemplos de múmias naturais.
Todas as múmias do Antigo Egito durante as culturas Naqada.
Ötzi, habitante dos Alpes italianos da Idade do Cobre.
Homem de Galera.
Homem de Cherchen.
Homem de Tollund, (Dinamarca), Idade do Ferro
Homem de Lindow, (Inglaterra), Idade do Ferro
Homem de sal, minas de sal de Chehrabad, Zanjan, Irã.
Múmias de São Bernardo, Cundinamarca, Colômbia.
Múmias de Guanajuato, México.
Múmias das Turberas

Mumificação.
Múmia no Museu Britânico.
Mumificação é o nome do processo aprimorado pelos egípcios em que retiram-se os principais órgãos, dificultando assim a sua decomposição. Geralmente, os corpos são colocados em sarcófagos de pedra e envoltos por faixas de algodão ou linho. Após o processo ser concluído são chamadas de múmias. O processo de mumificação durava cerca de setenta dias.

A mumificação era um processo bastante complexo e demorado. O sacerdote (embalsamador) começava por retirar o cérebro do morto, com um gancho, por meio das narinas. Depois, faziam um corte no lado esquerdo do corpo, retirando os órgãos, que eram colocados em vasos próprios e guardados no túmulo, há exceção do coração, que, por ser necessário na outra vida, era recolocado no seu lugar.

Então, o corpo era coberto com natrão (cristais de sal) e deixado a secar durante setenta dias. Após esse processo, as cavidades eram cheias com linho e substâncias aromáticas, e enrolava-se o corpo com ligaduras. Os olhos eram cheios com linho ou pedras pintadas de branco. Também os animais de estimação eram por vezes embalsamados e colocados em sepulturas próprias.

Tipos de mumificação.
Mumificação solar do Egito faraonitico.
O Faraó morreu e o seu cadáver é cozinhado até as carnes se desprenderem dos ossos. Os ossos são pintados de vermelho, enfaixados, fazendo-se uma estocagem na múmia com gesso. Pinta-se o retrato da pessoa na própria múmia. E esta se forma ao mesmo tempo em uma estátua Ka, ou seja, uma estátua que vai abrigar a alma do morto. Deixavam o corpo ao Sol, pois acreditava-se que o Sol era o principal deus e traria luz para a alma.

Mumificação osiriana.
Este é o processo que mais conhecemos e o que se tornou mais utilizado. Para o Faraó, para a nobreza e pessoas mais ricas, era feita da seguinte forma:
O cérebro é tirado pelas narinas, através de um instrumento curvo, mexe-se no cérebro que é uma massa mole, e este se liquefaz. Injeta-se vinho de tâmara, ajudando a dissolver mais o cérebro. Vira-se o morto e o cérebro escorre pelas narinas
É aberta uma incisão no abdômen e todos os órgãos internos, exceto o coração, são retirados, embalsamados e colocados em jarros chamados de canopos. Em seguida, o corpo é enchido com saquinhos de sal (Natrão) e mergulhado em uma espécie de bacia um pouco inclinada com um furo de um lado, para que seus líquidos escorram. Após isso, a múmia é literalmente enterrada por 72 dias. O sal absorve todo o líquido do corpo
Após estes 72 dias, o corpo, que está escurecido e ressecado, é retirado. Enxertam-se resinas, aromas, perfumes, bandagem, pó de serra, isto para dar a conformação do corpo. Depois disto, a abertura no abdômen é costurada, e é colocada uma placa mágica, geralmente com o desenho dos Quatro filhos de Hórus e de seu olho;
Começa, então, o processo de enfaixamento com metros e metros de tiras de pano de linho com goma arábica, até fazer a composição que vemos nas múmias. A cada volta, colocam-se amuletos e colares. Assim a múmia está pronta para o enterro, sendo que no caso do Faraó este enterro era acompanhado de um extenso ritual, repleto de encantamentos, realizado por sacerdotes.

Mumificação para pessoas de classe baixa.
Dão uma injeção de essências e de vinhos corrosivos através do ânus, põe uma espécie de tampão e depois de alguns dias tiram-no o que dissolveu. Então eles enfaixam a múmia e devolvem o corpo para os parentes.
Quando as múmias foram encontradas, muitas foram comercializadas e quando o comércio delas acabou e ninguém mais se interessava em comprá-las, alguns ladrões de túmulos decidiram triturar as múmias e comercializá-las como pó para fazer chá. Muitas pessoas adquiriram este pó achando que haveria algum poder de cura para seu tipo de doença.

Múmia peruana no Convento do Carmo, em Lisboa.
Múmia guanche de Tenerife (no Museo de la Naturaleza y el Hombre de Santa Cruz de Tenerife).
Este é o processo que mais conhecemos e o que se tornou mais utilizado. Para o Faraó, para a nobreza e pessoas mais ricas, era feita da seguinte forma:


Mumificação na atualidade.
A mumificação também é um fenômeno natural, sendo o resultado de cadáveres que são enterrados em terreno seco, quente e arejado. O cadáver sofre uma desidratação rápida e intensa, e o corpo não entra em decomposição, pois a fauna cadavérica não resiste e a pele do cadáver fica com aspectos de couro. Um exemplos de mumificação natural ocorreu em Buenos Aires, quando o corpo de María Cristina Fontana foi encontrado em sua residência, em 2014, depois de mais de dois anos em que o seu corpo ficou estendido no chão do seu aposento, sem nenhum contato humano e naturalmente mumificou-se .

Em 2011 o britânico Alan Billis (ex-taxista de 61 anos de idade), tornou-se o primeiro ser humano mumificado (conforme o processo egípcio) após 3.000 anos. Alan foi diagnosticado com um câncer terminal e ofereceu o seu corpo para que uma pesquisa/documentário do canal Channel 4 fosse realizado. O pesquisador Stephen Buckley realizou o processo aos moldes dos mestres egípcios e após três meses de trabalho, foi concluído a primeira mumificação após três mil anos. O documentário recebeu o nome de: "Mummifying Alan: Egypt's Last Secret" (em português: "Mumificando Alan: O Último Segredo do Egito")

Tutancâmon - a múmia mais famosa de todos os tempos.
A descoberta por Howard Carter do túmulo totalmente intacto do faraó Tutancâmon é a mais famosa de todas, pois, quando ela foi descoberta, todo o tesouro enterrado com este faraó estava do modo como fora colocado havia milhares de anos. Algo impressionante e confuso, pois os ladrões de túmulos não a haviam encontrado e nada havia sido tocado.


Atividades Halloween Leitão e Tigrão da Turma do Pooh

Atividades Halloween Leitão e Tigrão da Turma do Pooh
Parte Integrante do Caderno 2° Semestre Educação Infantil.
Pedidos e detalhes pelo E-mail: editorazoe@hotmail.com

Produção de Texto Hallowenn Bruxinha Cute

VAMOS PRODUZIR UM TEXTO DE UMA MANEIRA DIVERTIDA?
Apresente a Figura abaixo à seus alunos.
E entregue-lhes uma ficha com as seguintes pergunta.

Qual o nome da Bruxinha?
...........................................................................
Dê nome aos 2 fantasmas.
............................................................................
Onde eles moram?
.............................................................................
Que idade tem a bruxinha?
............................................................................
Eles estudam na escola ......................................
Qual o nome da professora dela?
............................................................................
Qual a cor de Dona Ligia a Abóbora palhacinha?
.............................................................................
Qual a cor da roupa que a bruxinha vai ganhar de presente?
Após as perguntas serem respondidas entregue-lhes a atividade abaixo:

Complete o texto com as respostas que você acaba de dar a cada uma das perguntas:

Esta é a bruxinha ............................ ela tem .................. anos e mora .........................
Uma bela manhã enquanto ia à escola ......................... com seus dois amigos fantasminhas ......................., ..................... encontrou sua professora ................................ que lhe perguntou:
Querida ...................... você sabe qual a novidade de nossa aula de hoje?
- Não professora. Qual é?
Dona ....................... vem desfilar sua cor ................e nos fazer rir com suas palhaçadas.
A bruxinha ...................... ficou muito contente e se divertiu muito com Dona Abóbora, a professora .......... e seus amigos .................
No fim da apresentação a bruxinha e cada um de seus colegas ganharam uma roupinha da cor .................... e um chapéu muito bacana.
Foi uma manhã muito gostosa na escola ...........................
Obs: Pode aproveitar o texto montado para trabalhar substantivos próprios e comuns e pedir que cada criança leia sua produção e compare as diferenças entre a sua e de seus colegas

Morceguinho de Rolo de Papel Higiênico Fazendo Arte Halloween


Este morceguinho é uma daquelas ideias bacanas super práticas e que as crianças adoram!

Além da vantagem de ser tão simples de fazer é maravilhoso poder reutilizar materiais que estariam no lixo, não é verdade?
Para fazer este morceguinho você só vai precisar de sobras de EVA ou papel cartão preto, rolos de papel higiênico e canetinha.

Morceguinho de Rolo de Papel Higiênico Fazendo Arte Halloween
Eu montei este modelo tendo como base o original de Molly Moo Craft onde tem um modelinho de asas que você pode baixar e usar para fazer o seu morceguinho.
Eu decidi fazer minhas próprias asas e recortei do molde que postamos ontem cá mesmo no site.
Não ficou de todo mal, né?

Como eu montei meu morceguinho?

Apenas dobrei a parte de cima do rolo de papel higiênico e colei.
Risquei a asa no EVA com palito de churrasco, recortei e colei na parte de trás do rolo de papel com cola bastão ( incrível, mas segurou bem) e por fim fiz os detalhes com caneta permanente preta e fiz uma espécie de maquiagem com lápis de cor laranja.

Como vocês sabem, minha filha costuma me ajudar em algumas atividades e pediu para fazer um com olhos móveis e decorar do jeito dela.
E.... olha a foto cá embaixo com o toque especial de Natascha. Ficou fofo, né?
E pela primeira vez sem nada cor de rosa.
Morceguinho de Rolo de Papel Higiênico Fazendo Arte Halloween

As crianças vão amar a ideia e você pode ainda pendurá-los no teto da sala ou colá-los no painel de Halloween.

Olha que interessante estas outras ideias para o Halloween:


As crianças vão amar!

Morceguinho para Decoração Halloween com Molde Grátis


Esta é uma ideia simples de fazer  e maravilhosa para deixar a decoração de sua sala ou casa no Halloween ainda mais fofa.

Este morceguinho feito pelas crianças pode dar pano pra manga no estudo dos animais mamíferos tendo em vista que o morcego é um mamífero que voa.

Imagino que você pode direcionar esta atividade contando uma história sobre morcegos ou vendo um desenho ... Pode ser da Turma da Mônica com o Zé Vampir que elas adoram.
Em seguida convide-os para a confecção do morceguinho entregando os moldes e pedaços de EVA ou papel cartão. Eu usei azul marinho por conta de meu EVA preto ter acabado.
O preto é mais atrativo, embora não dê para fazer os detalhes como eu fiz pois não ficaria bem destacado.
Depois de todos os alunos confeccionarem seus morcegos basta furar cada um deles com um palito de churrasco ou furador, passar uma linha, pedaço de fita ou linha de pesca e fixar no teto.
Eles certamente vão amar ver suas produções voando sobre suas cabeças.

Você pode ainda pendurar em árvores ou montar um lindo painel.

Morceguinho para Decoração Halloween com Molde Grátis

Como é bem simples de fazer você só vai precisar entregar um molde por mesinha, ensiná-los como fazer o risco em torno com palito de churrasco e depois entregar as tesourinhas para que cortem
Posteriormente basta disponibilizar os olhinhos, cola de isopor e canetinha caso o morceguinho não seja preto.Deixe que decoram livremente e pronto.
Outra opção para crianças menores e entregar os moldes recortados e deixar que eles decorem fazendo colagem de lantejoulas, por exemplo.

Este é meu modelinho sem os detalhes de caneta.
Morceguinho para Decoração Halloween com Molde Grátis


Ah,. caso você não tenha material não tem problema. Você não vai deixar de fazer seus morceguinhos.
Entregue os moldes impressos e peça que as crianças pintem e decorem para em seguida fazer o recorte e pendurar.
Você pode, neste caso usar a técnica de simetria... pedir que pintem apenas um lado do morcego e dobrem a folha para ver como a pintura ficará carimbada do outro lado.
O resultado é sempre uma festa.

A ideia eu pesquei no site Listotic onde você pode ver o modelo original sem detalhes de canetinha que fica de muito bom gosto
Como não tinha molde eu mesma tratei de desenhar e deixo abaixo disponível.
Não é uma ideia ímpar?
Ah, não esqueça de ao final fazer a socialização da aula e verificar se as crianças ficaram tão empolgadas quanto eu (rsrs)  no momento de fazer os morceguinhos. Esta é uma excelente forma de saber se a atividade foi bem aceita e o que cada um gostou mais ou menos no processo.

Morceguinho para Decoração Halloween com Molde Grátis
Espero que tenham gostado da ideia.


Se você está procurando atividades para imprimir sobre Halloween, nem precisa sair do site. Basta dar uma olhada nos posts abaixo relacionados.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...