/* leia mais */ /* leia mais */

Pesquisa Ideia Criativa mais de 8.000 sugestões

Coletânea de Adivinhas Natalinas Projeto Natal

Coletânea de Adivinhas Natalinas Projeto NatalMais uma dica para animar sua sala de aula no Natal. 

São adivinhas natalinas em forma de versinhos que as crianças adoram.

Você pode utilizá-las no início da aula para que as crianças entrem no clima, na hora do recreio para deixá-lo ainda mais animado ou ainda para a escolha de um líder de grupo ou do ajudante do dia.

Quem responder primeiro e corretamente pode ser o líder ou ajudante

Vai ser muito divertido!


Adivinhas de Natal

Numa gruta pequenina 
tu os podes encontrar. 
Maria, José e o Menino
Numas palhinhas a descansar.

Resposta: Presépio

Sou um Pai muito feliz
Que traz ao lar muita alegria,
Ando sempre lá por fora
Só venho a casa um dia.

Papai Noel

Sou verde e tenho ramos,
Todos gostam de me enfeitar
E faço todos os possíveis
Para as casas alegrar.

Árvore de Natal

Sou alguém especial
E brancas asas eu tenho,
Quando precisarem chamem,
Que lá do céu eu venho.

Anjo


À noite no céu me coloco
Para que me vejam a brilhar,
Adoro estar lá no céu
Para o poder cintilar.

Resposta: Estrela


Estou muito embrulhadinho 
E enfeitado com um laço. 
Quando me recebem 
Dão um beijo e um abraço. 
Quem sou eu?

Resposta: Presente

Estou colocada na porta, 
Pronta para enfeitar. 
Sou redonda 
E adoro lá estar.

Resposta: Guirlanda


Estou na torre da igreja 
E estou sempre a tocar. 
Dou muitas badaladas
Até me cansar.

Resposta Sino

E algumas para confundir

Quem é que no Natal anda de casa em casa com um saco cheio nas costas?
Resposta: Bombeiro

Uso roupa vermelha, sou bondoso e atendo o seu chamado?

Resposta: Bombeiro

Se você tiver mais sugestões de adivinhas para o Natal deixe um comentário.

PS: Sugestões retiradas de documentos de texto sem autoria. Caso você saiba a fonte seguramente favor informar.

Veja outras ideias para montar seu Projeto Natal

Jogos e Brincadeiras de Natal para Educação Infantil

No Ideia Criativa você encontra uma série de sugestões legais para montar seu Projeto Natal, uma delas é nossas sugestões de jogos e brincadeiras natalinas.

Fique de olho, jogue e divirta-se com a turma no Natal

Jogos e Brincadeiras de Natal para Educação Infantil
Jogo Onde está o sino?

Você vai precisar de 6 caixas ( pode ser de chá, sapato, leite, etc...) e um sino 

Preparação: Crianças em círculo

  • Coloca-se as 6 caixas no centro do círculo
  • É pedido que uma das crianças se retire da sala com o auxiliar
  • O professor esconderá o sino embaixo de uma das caixas
  • A crianças deverá adivinhar onde o sino está
  • Se  a criança acertar tocará o sino e ganhará um incentivo natalino, caso erre volta ao círculo e outra tomará seu lugar 
O jogo continua até que todas as crianças tenham participado

Obs: O sino pode ser substituído por uma meia natalina, uma bola , estrela, ou enfeite qualquer.

Jogo Giro de Natal


  • Desenhe círculos no chão e em cada um deles cole o nome de um símbolo natalino.
  • Em um saquinho tenha os mesmos nomes escritos em pedacinhos de papel para sorteio.
  • Peça que as crianças façam um círculo e comecem a girar ao som de uma música natalina
  • Quando a música parar cada criança deverá ir para dentro de um dos círculos
  • Neste momento o professor fará o sorteio de uma palavra
  • A criança que estiver no círculo com a palavra sorteada ganha um mimo.
Pode ser uma fruta, um incentivo, uma bexiga, etc...
O jogo continua até que todas as crianças possam ter uma palavra sorteada.

Variação do jogo:
Pode ser feito também como jogo das cadeiras
Outra variação é que saia do jogo a criança que estiver no círculo com a palavra.

Jogo sequência natalina

Consiste em que as crianças digam nomes de brinquedos que o Papai Noel entrega no Natal.

  • A primeira criança deve falar o nome de um brinquedo
  • A segunda criança repete o nome do brinquedo e adiciona o seu.
  • A criança que errar a sequência sai do círculo e espera nova rodada.

Variação do jogo:

O professor pode pedir que as crianças falem brinquedos iniciados por letras do alfabeto.
Cada criança acrescenta o nome de um novo brinquedo só que com a próxima letra do alfabeto até chegar ao final.

Jogo da colher  Natalino.

Este trata-se de uma variação do velho jogo do ovo na colher.
Nesta versão o ovo é substituído por bolas de isopor que simbolizarão a neve.
  • As crianças deverão chegar de um ponto ao outro com a bola de isopor na colher.
Ganha a criança que chegar primeiro sem deixar a bola cair nenhuma vez

Jogo Bingo natalino


  • Junto com as crianças o professor fará uma lista de palavras que lembram Natal, como por exemplo:

Jesus, Nascimento, Papai Noel, sino, pastores, ouro, presente, etc


  • Em seguida o professor fornecerá  uma cartela natalina e pedirá que as crianças escolham da lista 5 palavras.
  • O jogo corre como um bingo normal, sendo que a professora cantará as palavras da lista da turma.

Vence a criança que preencher a cartela primeiro

Jogo Cole a estrela na Árvore.

Variação do jogo o rabo no burro.


  • O professor fará uma pinheiro de papel metro na altura das crianças e uma estrela 
  • Atrás da estrela será colocada fita dupla face
  • Escolhe-se uma criança que terá os olhos vendados.
  • Em seguida ela será girada duas vezes e tentará colocar a estrela no topo da árvore


O jogo pode ser feito em equipes sendo que cada uma torcerá por seu jogador ou individualmente.
Ganha a criança que conseguir alcançar o objetivo de colocar a estrela no topo da árvore.

Quem achou a meia do Noel?

Você vai precisar de uma meia vermelha

Preparação: Crianças e círculo e uma ao lado da professora de olhos vendados

  • O professor entrega a meia a uma criança que passará ao som de uma música natalina.
  • Quando a música parar a criança com ela deverá ficar com a meia na mão.

Todos em coro dirão:

Papai Noel perdeu sua meia
Quem será que encontrou?
Será que foi um colega
Ou foi o seu avô?
  • A criança de olhos vendados terá 3 chances para descobrir nas mãos de quem a meia está.
Caso acerte a criança com a meia tomará seu lugar e ela ganhará um incentivo
Caso erre o professor indicará outra criança.

O jogo continua até que todos tenham participado

Obs: O jogo pode ser feito com outro objeto como um sino, ou uma bolinha natalina.

Elaboração Gi Barbosa Carvalho

Mais ideias natalinas para montar seu projeto?

Veja abaixo:


Enfeite Estrela Papai Noel Artesanato para Crianças da Educação Infantil

Olha que gracinha estes enfeites natalinos!

Eles podem ser feitos em salas de aula com suas crianças de educação infantil e certamente elas vão amar.

Como as cores natalinas tradicionalmente são vermelha e verde nós montamos os modelos nessas duas cores, mas você pode deixar que as crianças escolham a cor que desejar.

Eu gosto muito do vermelho por ser a cor da roupa do Noel que as crianças mais veem e por isso mesmo elas facilmente reconhecerão o símbolo natalino
Enfeite Estrela Papai Noel Artesanato para crianças da Educação Infantil
Elas podem ser feitas com materiais diversos como:

Eva, papelão, cartolina, duplex, cartão ou o que você tiver disponível em casa ou na sua sala de aula, algodão, cola e canetinha.

Comece riscando a estrela no E.V.A ou papel e  recorte.
Em seguida faça um círculo pequeno e cole.
Cole pedaços de algodão para fazer a barba e o pompom do gorrinho.
Por fim basta fazer os detalhes dos olhos, furar o eva com uma agulha e colocar uma linha.

Fica fofinho, né?
Veja mais de perto.
Enfeite Estrela Papai Noel Artesanato para crianças da Educação Infantil
Depois de fazer os enfeites basta que cada criança pendure o seu enfeite na árvore da escola.
Fica um luxo, né?

Espero que tenham gostado.
Boa aula

Mais ideias para seu projeto Natal na Educação Infantil

Rena de Forma Geométrica Triângulo Atividade Natal Educação Infantil


Vejam só que atividade interessante para trabalhar a forma geométrica triângulo dentro da temática Projeto Natal em turmas de Educação Infantil.

Essas reninhas ficam lindas na porta da sala cada uma com o nome de uma criança.
Utilizamos para montar nossos modelos os seguintes materiais:

Papel cartão marrom e pele, cola e pedaços de EVA, lixa e duplex, mas você pode utilizar também cartolina, papel pardo, retalhos de tecido, olhos móveis, etc...
O segredo é inventar com todo tipo de material e deixar que as crianças criem renas personalizadas

Rena de Forma Geométrica Triângulo Atividade Natal Educação Infantil
O modo de fazer é bem simples:

Primeiro precisamos colocar as mãos da criança sobre o cartão (ou papel pardo) e riscar.
Deixar que ela recorte
Fornecer um triângulo de tamanho apropriado para que ela cole as mãozinhas e os retalhos de E.V.A e faça os detalhes finais.
Observe que o lacinho é feito com dois triângulos

Rena de Forma Geométrica Triângulo Atividade Natal Educação Infantil
O nariz preto foi feito com lixa grossa e a boquinha com caneta permanente.
Mas você pode também utilizar canetinha ou giz de cera
Rena de Forma Geométrica Triângulo Atividade Natal Educação Infantil

Você pode ainda montar um lindo mural natalino com as reninas da turma ou amarrar um cordão e decorar a árvore de Natal.

Veja mais ideias de atividades natalinas para Educação Infantil.

Chapéu Rena com Olhos Móveis Atividade Natalina Educação Infantil

Olha só que gracinha ficou nosso chapéu de rena com olhinhos móveis.
Minha filhota, bem apelidada de reninha do sertão continuou com o chapéu por dias, então resolvemos fazer uma pequena melhoria e colocamos olhos e um lindo nariz vermelho que ela amou demais!
Se você perdeu nosso passo a passo não precisa ficar preocupado , pois é muito simples de fazer.

Chapéu Rena com Olhos Móveis Atividade Natalina Educação Infantil
Recorte uma tira de cartolina da cor que a criança desejar.
Em um pedaço de papel pardo ou papel cartão marrom peça que coloque a mão e faça o traçado em volta. ( Nesta etapa uma criança pode ajudar outra)
Cole as mãozinhas na frente da tira de cartolina
Coloque em volta da cabeça da criança, marque o lugar e é só grampear.
Se for preciso emende duas tiras e corte as sobras após grampear.
Chapéu Rena com Olhos Móveis Atividade Natalina Educação Infantil
Fofinho, né?

Veja outras ideias para o natal

Qual deve ser o número de crianças por turma na educação infantil?

Qual deve ser o número de crianças por turma na educação infantil?
Qual deve ser o número de crianças por turma na educação infantil?

Esta é uma dúvida frequente que surge muito no início de cada ano letivo quando colegas professores (justamente) reclamam do excesso de alunos em suas salas.
Fazendo uma pesquisa, encontrei no Portal do MEC um documento intitulado DÚVIDAS MAIS FREQUENTES SOBRE EDUCAÇÃO INFANTIL do ano de 2013.

São 53 perguntas e respostas  e a número 14 dá conta de responder à esta pergunta


Qual deve ser o número de crianças por turma na educação infantil?
O número de crianças por professor deve possibilitar atenção, responsabilidade e
interação com as crianças e suas famílias. Levando em consideração as características do espaço físico e das crianças, no caso de agrupamentos com criança da mesma faixa
de idade, recomenda-se a proporção de 6 a 8 crianças por professor (no caso de crianças de zero a um ano), 15 crianças por professor (no caso de crianças de dois a três ano) e 20 crianças por professor (nos agrupamentos de crianças de quatro e cinco anos).

Qual deve ser o número de crianças por turma na educação infantil?Como podemos observar, por este Brasil a fora há salas de Educação Infantil com número absurdo de alunos para que um único professor possa dar conta. Em lugar de abrir outra sala faz-se a velha manobra de super lotar as existentes e economizar com o material humano (professor) imputando-lhe condições de trabalho desumanas a outros.

Observe as recomendações do MEC e analise se ela está  sendo cumprida no seu município.

O documento é muito interessante e  você pode baixar agora em pdf

Algumas outras perguntas foram listadas abaixo para que você fique ciente do que será encontrado no material

1. O que é educação infantil?
2. Quem são as crianças que têm direito à educação infantil?
3. Quais são os estabelecimentos que ofertam educação infantil?
4. Qual é a regulamentação que orienta a educação infantil?
5. Quais os critérios que devem ser utilizados para a seleção das crianças a serem
matriculadas nas creches e pré-escolas?
6. A partir de qual idade é obrigatória a matrícula da criança na educação infantil?
7. A partir de qual idade a criança deve ser matriculada no ensino fundamental?
8. Qual a situação das crianças que fazem 6 anos após 31 de março e continuam na educação infantil?
9. Qual a responsabilidade da educação infantil na formação da criança de 0 a 5 
anos e 11 meses?
10. O que é uma escola inclusiva e quais são seus desafios?
11. Qual a importância de matricular crianças deficientes na educação infantil?
12. Qual é a duração das jornadas de tempo parcial e integral na educação infantil?
13. Como devem ser formadas as turmas de educação infantil?

Uma excelente publicação para tirar muitas dúvidas dos professores de Educação Infantil


Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação Infantil


As Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação Infantil ,  trata-se de um material que todo professor de Educação Infantil precisa conhecer.

É importante salientar que:
O processo de elaboração das Diretrizes incorporou as contribuições apresentadas por grupos de pesquisa e pesquisadores, conselheiros tutelares, Ministério Público,sindicatos, secretários e conselheiros municipais de educação, entidades não governamentais e movimentos sociais que participaram das audiências e de debates e reuniões regionais , etc...
Trata-se portanto de um trabalho de parceria dentro de um regime democrático e participativo o que vem a ser um marco na história da educação de nosso país
Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação Infantil
BAIXE AGORA AS DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL


O que você lerá nesta publicação?

Resolução nº 5, de 17 de dezembro de 2009 10

1. Objetivos 11
2. Definições 12
3. Concepção da Educação Infantil 15
4. Princípios 16
5. Concepção de Proposta Pedagógica 17
6. Objetivos da Proposta Pedagógica 18
7. Organização de Espaço, Tempo e Materiais 19
8. Proposta Pedagógica e Diversidade 21
9. Proposta Pedagógica e Crianças Indígenas 22
10. Proposta Pedagógica e as Infâncias do Campo 24
11. Práticas Pedagógicas da Educação Infantil 25
12. Avaliação 28
13. Articulação com o Ensino Fundamental 30
14. Implementação das Diretrizes pelo Ministério
da Educação 31
15. O Processo de Concepção e Elaboração
das Diretrizes 33
Foto: Acervo /CEERT

Composto de 40 páginas a publicação procura contribuir para disseminação das Diretrizes Curriculares para a Educação Infantil.


Veja também:

Atividade com Formas Geométricas Educação Infantil Casa de Passarinhos

Olha que gracinha pode ser feita em sala de aula com seus alunos de Educação Infantil para trabalhar formas geométricas.

Para contextualizar você pode escolher alguma história ou conto sobre pássaros , falar sobre as características das aves e quem sabe levá-los à um passeio de campo para observar pássaros.

Esta casinha de pássaros foi feita por minha filha Natascha com as formas geométricas:
Triângulo, retângulo, quadrado e círculo.
Os passarinhos ela mesma fez, bem como o ninho.
Atividade com Formas Geométricas Educação Infantil Casa de Passarinhos
A atividade foi bem envolvente e cada casinha foi feita em média de 35 minutos.
Muitas reflexões podem ser feitas a partir desta atividade como por exemplo a questão do tráfico de animais silvestres, ou de como muitos vivem em gaiolas para apreciação de seus donos.
Atividade com Formas Geométricas Educação Infantil Casa de Passarinhos
Utilizamos papel duplex, eva e canetinhas.
Na segunda casinha o círculo é de lixa o que pode ser bem interessante para se trabalhar textura.
Espero que tenham gostado e vejam outras sugestões de trabalho com formas geométricas na Educação Infantil.

As 20 Metas do PNE 2014 a 2024 Plano Nacional da Educação para baixar em PDF

Professores queridos, vamos ler as 20 metas do PNE 2014-2024?

As 20 Metas do PNE 2014 a 2024 Plano Nacional da Educação para baixar em PDF
São metas a serem analisadas por que delas depende o futuro da educação deste país .
Todo professor competente precisa conhecer este documento que está disponível em PDF  no site do MEC onde pode ser lida também a lei do PNE e outras publicações.
BAIXE AGORA O DOCUMENTO COM AS 20 METAS DO  PNE- PLANO NACIONAL DA EDUCAÇÃO


O professor precisa estar constantemente informado à cerca dos rumos da educação no País .
Deixo abaixo um pequeno trecho do documento, mas insisto que aprofundem as leituras.


Meta 1: universalizar, até 2016, a educação infantil na pré-escola para as crianças de 4 (quatro) a 5 (cinco) anos de idade e ampliar a oferta de educação infantil em creches, de forma a atender, no mínimo, 50% (cinquenta por cento) das crianças de até 3 (três) anos até o final da vigência deste PNE.

Meta 2: universalizar o ensino fundamental de 9 (nove) anos para toda a população de 6 (seis) a 14 (quatorze) anos e garantir que pelo menos 95% (noventa e cinco por cento) dos alunos concluam essa etapa na idade recomendada, até o último ano de vigência deste PNE.10
Investir fortemente na educação infantil, conferindo centralidade no atendimento das crianças de 0 a 5 anos, é a tarefa e o grande desafio do município. Para isso, é essencial o levantamento detalhado da demanda por creche e pré-escola, de modo a materializar o planejamento da expansão, inclusive com os mecanismos de busca ativa de crianças em âmbito municipal, projetando o apoio do estado e da União para a expansão da rede física (no que se refere ao financiamento para reestruturação e aparelhagem da rede) e para a formação inicial e continuada dos profissionais da educação. É importante uma maior articulação dos municípios e estados 
Meta 3: universalizar, até 2016, o atendimento escolar para toda a população de 15 (quinze) a 17 (dezessete) anos e elevar, até o final do período de vigência deste PNE, a taxa líquida de matrículas no ensino médio para 85% (oitenta e cinco por cento).

Meta 4: universalizar, para a população de 4 (quatro) a 17 (dezessete) anos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação, o acesso à educação básica e ao atendimento educacional especializado, preferencialmente na rede regular de ensino, com a garantia de sistema educacional inclusivo, de salas de recursos multifuncionais, classes, escolas ou serviços especializados, públicos ou conveniados.

Meta 5: alfabetizar todas as crianças, no máximo, até o final do 3º (terceiro) ano do ensino fundamental.

Meta 6: oferecer educação em tempo integral em, no mínimo, 50% (cinquenta por cento) das escolas públicas, de forma a atender, pelo menos, 25% (vinte e cinco por cento) dos(as) alunos(as) da educação básica.

Meta 7: fomentar a qualidade da educação básica em todas as etapas e modalidades, com melhoria do fluxo escolar e da aprendizagem, de modo a atingir as seguintes médias nacionais para o Ideb: 6,0 nos anos iniciais do ensino fundamental; 5,5 nos anos finais do ensino fundamental; 5,2 no ensino médio.

Meta 8: elevar a escolaridade média da população de 18 (dezoito) a 29 (vinte e nove) anos, de modo a alcançar, no mínimo, 12 (doze) anos de estudo no último ano de vigência deste plano, para as populações do campo, da região de menor escolaridade no País e dos 25% (vinte e cinco por cento) mais pobres, e igualar a escolaridade média entre negros e não negros declarados à Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE

Meta 9: elevar a taxa de alfabetização da população com 15 (quinze) anos ou mais para 93,5% (noventa e três inteiros e cinco décimos por cento) até 2015 e, até o final da vigência deste PNE, erradicar o analfabetismo absoluto e reduzir em 50% (cinquenta por cento) a taxa de analfabetismo funcional.
Meta 10: oferecer, no mínimo, 25% (vinte e cinco por cento) das matrículas de educação de jovens e adultos, nos ensinos fundamental e médio, na forma integrada à educação profissional.

Meta 11: triplicar as matrículas da educação profissional técnica de nível médio, assegurando a qualidade da oferta e pelo menos 50% (cinquenta por cento) da expansão no segmento público.

Meta 12: elevar a taxa bruta de matrícula na educação superior para 50% (cinquenta por cento) e a taxa líquida para 33% (trinta e três por cento) da população de 18 (dezoito) a 24 (vinte e quatro) anos, assegurada a qualidade da oferta e expansão para, pelo menos, 40% (quarenta por cento) das novas matrículas, no segmento público.

Meta 13: elevar a qualidade da educação superior e ampliar a proporção de mestres e doutores do corpo docente em efetivo exercício no conjunto do sistema de educação superior para 75% (setenta e cinco por cento), sendo, do total, no mínimo, 35% (trinta e cinco por cento) doutores.

Meta 14: elevar gradualmente o número de matrículas na pós-graduação stricto sensu, de modo a atingir a titulação anual de 60.000 (sessenta mil) mestres e 25.000 (vinte e cinco mil) doutores.

Meta 15: garantir, em regime de colaboração entre a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, no prazo de 1 (um) ano de vigência deste PNE, política nacional de formação dos profissionais da educação de que tratam os incisos I, II e III do caput do art. 61 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, assegurado que todos os professores e as professoras da educação básica possuam formação específica de nível superior, obtida em curso de licenciatura na área de conhecimento em que atuam.

Meta 16: formar, em nível de pós-graduação, 50% (cinquenta por cento) dos professores da educação básica, até o último ano de vigência deste PNE, e garantir a todos(as) os(as) profissionais da educação básica formação continuada em sua área de atuação, considerando as necessidades, demandas e contextualizações dos sistemas de ensino.

Meta 17: valorizar os(as) profissionais do magistério das redes públicas de educação básica, de forma a equiparar seu rendimento médio ao dos(as) demais profissionais com escolaridade equivalente, até o final do sexto ano de vigência deste PNE.

Meta 18: assegurar, no prazo de 2 (dois) anos, a existência de planos de carreira para os(as) profissionais da educação básica e superior pública de todos os sistemas de ensino e, para o plano de carreira dos(as) profissionais da educação básica pública, tomar como referência o piso salarial nacional profissional, definido em lei federal, nos termos do inciso VIII do art. 206 da Constituição Federal.

Meta 19: assegurar condições, no prazo de 2 (dois) anos, para a efetivação da gestão democrática
da educação, associada a critérios técnicos de mérito e desempenho e à consulta pública à comunidade escolar, no âmbito das escolas públicas, prevendo recursos e apoio técnico da
União para tanto.

Meta 20: ampliar o investimento público em educação pública de forma a atingir, no mínimo,
o patamar de 7% (sete por cento) do Produto Interno Bruto (PIB) do País no 5º (quinto) ano de
vigência desta Lei e, no mínimo, o equivalente a 10% (dez por cento) do PIB ao final do decênio.

Chapéu Rena com Recorte de Mãos Atividade Natal Educação Infantil

Olha que coisa mais fofa e simples de fazer em sala de aula.

Minha filha Natascha gostou tanto que passou o dia de ontem com ele na cabeça, foi dormir e ao acordar colocou novamente pra escovar os dentes e continuou no estilo rena do sertão.
Chapéu Rena com Recorte de Mãos Atividade Natal Educação Infantil
Este foi o apelido que colocamos nela por conta de passear tanto com este chapéu.
Rimos muito em casa com a rena do sertão. Vocês não fazem ideia
Chapéu Rena com Recorte de Mãos Atividade Natal Educação Infantil
Veja como é fácil fazer um chapéu  estilo rena do papai noel.

Primeiro foi feita uma tira de cartolina rosa
Em seguida riscamos as mãos no papel marrom, recortamos  e colamos na cartolina.
Medimos o papel na cabeça, marcamos com um lápis e grampeamos.

Fácil, né?
Sua turma com certeza vai amar fazer também.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...