segunda-feira, 2 de abril de 2012

TDAH, o que é isso? Será que eu tenho TDAH?


Hoje tentando estudar mais uma vez fiquei me perguntando...
TDAH, o que é isso? Será que eu tenho TDAH?Como eu não consigo focar em uma coisa só, eu tenho que assistir o vídeo, e ficar com um paninho na mão limpando o PC, com 2 livros abertos , com MSN ligado, pesquisando o mesmo assunto em outras páginas ... E o que acontece? Minha mente fervilha... Eu paro em uma palavra do que a professora disse e viajo , vou parar em outro mundo... Se ela fala a palavra social eu penso em Marx e lá vou eu analisar a contribuição de Marx... A professora fala em LDB e corro eu pra ler o que ela falou e analisar enquanto ela ainda fala... Resultado, quando volto a atenção o vídeo já está 30 minutos adiantado e eu retorno para pegar a parte que perdi da aula.
Fiquei pensando e lembrei que quando criança os vizinhos diziam pra minha mãe:
- Maura, essa sua menina é doida, leva ela num psiquiatra pq ela não bate bem não. Ela vive correndo e não para quieta um instante.
Gente, será que eu tenho TDAH?
Bem, se for analisar que eu enquanto tomo banho consigo ler, eu diria que sim. Como alguém em sã consciência põe uma mão pra fora do chuveiro e fica lendo enquanto tira o sabonete?
E na escola então! Eu sempre estava com o dedinho levantado, parece que tenho comichão na língua... Na faculdade eu fico me policiando, senão tiro a vez de todos os colegas, eu sempre tenho algo pra dizer, fico girando na cadeira , e olha que já cresci.
Eu não sei se tenho TDAH, o que eu sei é que minha mente parece um TSUNAMI, eu penso em tudo ao mesmo tempo, tenho a sensação que quero abraçar o mundo inteiro de uma vez, parece que preciso saber de tudo, ver tudo, analisar tudo, opinar sobre tudo...
E enquanto vejo a aula cá estou eu pesquisando sobre TDAH (Transtorno do Déficit de Aprendizagem) , tentando entender o que é isso e socilizar com vocês, já que não consegui ver a aula, estou apenas ouvindo enquanto escrevo.
Bem, dos sintomas citados , acho que tenho todos.
No Site do IPDA (Instituto Paulista de Déficit de Atenção), encontrei alguns arquivos bem interessantes e posto aqui para vocês.
TDAH (DDA) - O que é isto? 
O TDAH é uma síndrome (conjunto de sintomas) caracterizada por distração, agitação / hiperatividade, impulsividade, esquecimento, desorganização, adiamento crônico, entre outras. 

Pessoas com TDAH - Déficit de Atenção tem dificuldade em manter a concentração, costumam ser agitadas e tem problemas para fazer as coisas até o final. Encontrar este sintomas em crianças e adultos é comum. Porém, quando se trata do transtorno, as queixas são mais frequentes e os sintomas muito mais intensos. Há diagnóstico e tratamento para TDAH, que pode prevenir e aliviar muito sofrimento.

Hiperatividade - O que é ser hiperativo? Como diagnosticar e tratar hiperatividade?


A hiperatividade é um dos componentes mais conhecidos do TDAH - Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade. A criança hiperativa mostra atividade maior que outras crianças da mesma idade. É comum as crianças serem ativas, sem que isto seja uma hiperatividade anormal ou patológica. A diferença é que a criança hiperativa mostra um excesso de comportamentos, em relação às outras crianças, além de dificuldade em manter a concentração, impulsividade e agitação. A criança hiperativa é um desafio para seus pais, familiares e professores.

A Hiperatividade pode ocorrer em diferentes graus de intensidade, com sintomas variando entre leves a graves. A depender da gravidade destes sintomas, a hiperatividade pode comprometer o desenvolvimento e a expressão linguística, a memória e habilidades motoras. Pode afetar crianças, adolescentes e até mesmo alguns adultos, embora o mais comum seja encontrar meninos hiperativos.

É importante que as causas da hiperatividade sejam identidicadas de forma correta. A falta de um bom diagnóstico diferencial pode levar a tratamentos inadequados. Saber mais sobre diagnóstico e tratamento para hiperatividade no TDAH faz toda a diferença na hora de ajudar seu filho.
Nem todas as formas de hiperatividade tem relação com déficit de atenção. Outras causas possíveis são alterações metabólicas e hormonais, intoxicação por chumbo, complicações no parto, abuso de substâncias durante a gestação, entre outras. Problemas situacionais, como crises familiares (luto, separação dos pais e outras mudanças) podem ser traumáticas para crianças e levarem a um quadro de hiperatividade reativa.
Todas estas possíveis causas devem ser investigadas antes de iniciar o tratamento da hiperatividade, especialmente quando se desconfia de hiperatividade em bebês.
Um especialista em comportamento infantil pode ajudar a distinguir entre a criança normalmente ativa e enérgica e a criança realmente hiperativa. As crianças até mesmo as menores podem correr, brincar e agitar-se felizes durante horas sem cochilar, dormir ou demonstrar qualquer cansaço. Para garantir que a criança realmente hiperativa seja tratada adequadamente - e evitar tratar erroneamente uma criança normal - é importante que seu filho receba um diagnóstico preciso.

É também possível encontrar Déficit de Atenção sem Hiperatividade. Há mais de um tipo de TDAH: TDAH Tipo Desatento, TDAH Tipo Hiperativo-Impulsivo e TDAH Misto / Combinado. Faça um dos testes online do IPDA.

E então pessoal, que tal correr lá , faça seu cadastro e depois e faça um teste.

Para saber mais clique nos links, ou acesse o site http://www.dda-deficitdeatencao.com.br/

Gi Barbosa Carvalho



Um comentário:

  1. Penso que hoje em dia existe muita criança com diagnóstico errado de hiperatividade, quando na verdade só tem falta de limite.

    ResponderExcluir

Complemente esta postagem com suas sugestões. É sempre muito interessante enxergar outras formas de aplicação de determinada proposta ou os muitos pontos de vista de nossas leituras e reflexões.
Esperamos ansiosos sua colaboração!

Pesquisa Ideia Criativa mais de 20.000 sugestões

Esta é a forma mais fácil de encontrar o que você procura neste site.
Basta digitar a palavra e pesquisar!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...